top of page
  • Foto do escritorCequale

Os aspectos normativos e jurídicos da Auditoria em Saúde.

A Auditoria em Saúde é o auxílio as instâncias de governança e a fortalecer o SUS por meio das melhorias recomendadas no aspecto da legalidade, economicidade, eficiência, eficácia ou efetividade.


Trazendo isso para a prática, podemos dizer que uma Auditoria em Saúde vem identificar as inconsistências e as irregularidades para que possa contribuir com a gestão de saúde pública no que se refere as análises dos resultados e das ações dos serviços de saúde.


A Auditoria tem como objetivo fundamental garantir o acesso e qualidade dos serviços para a população, por isso quando falamos em auditoria pensamos na melhoria dos serviços e no apontamento de soluções de problemas existentes, com conhecimento, com ferramentas que o gestor possa trazer melhorias nas ações dos serviços de saúde para que a população possa usufruir da melhor forma os serviços.




A Auditoria também é um dos instrumentos de controle interno que tem como finalidade contribuir com a gestão por meio da análise dos resultados das ações e os serviços públicos de saúde.


A identificação das inconsistências ou das irregularidades para um bom gestor na área da saúde pública, significa que ele pode trabalhar da melhor forma os seus instrumentos, significa também que dentro de uma internalização dessas orientações, ele possa desenvolver as suas ações e também ir ao encontro dos profissionais.


Todos os profissionais que circulam todas essas ações de saúde eles podem também se municiar dessa ferramenta no dia a dia do trabalho, executando as suas equações com zelo. Ele pode ser nesse momento, o auditor do seu próprio trabalho.


Ou seja, quando pensamos no compliance das ações, quando pensamos em agir adequadamente conforme as normatizações, conforme a legislação e conforme a técnica melhor aplicada, realmente é feita essa auditoria do próprio trabalho.


E para falar sobre o tema, mesmo a normatização, a legislação. É necessário também nos inserir em um contexto. Para que possamos identificar os tipos de auditoria, que são elas:

  • Regular ou Ordinária: é a periódica, sistemática e previamente programada. Ela é a rotina, a correção diária.

  • Especial ou Extraordinária: ela realizada para atender a apuração de denúncias, indícios e irregularidades por determinação de autoridades ou verificação de atividades específicas.

Além dessas, existem também as auditorias:

  • preventivas

  • operacional

  • de contas

  • analítica

Dando ênfase à Auditoria Operacional: ela demonstra os resultados positivos como parte de uma avaliação contínua, abrangente e efetiva dos serviços ofertados na área da saúde em decorrência da verificação in loco de: procedimentos, atividades, condição de atendimento, estrutura e funcionamento.


*Conteúdo retirado da Palestra de Nelcilene Santos na Jornada de Auditores em Saúde do Cequale


E aí, gostou do assunto? Então você não pode deixar de acompanhar o Cequale no Instagram, estamos sempre atualizando com os assuntos sobre a gestão em Saúde e também os nosso Eventos Gratuitos. Vem seguir o Cequale!!! Nos vemos no próximo post.



Comments


bottom of page